Artigos

Metroptose - Metroptose

Metroptose

Deslocação do útero para baixo (prolapso uterino). O colo do útero às vezes aparece através do orifício vaginal. O útero desce pela ação da gravidade quando os tecidos que o mantêm no seu lugar enfraquecem ou se lesionam, especialmente nas mulheres que engravidaram muitas vezes. Pode ser necessária intervenção cirúrgica para corrigir esta afeção.

Liomioma - Liomioma

Liomioma

Tumor de fibras musculares lisas. Costuma ser frequente no útero.

Histerectomia - Histerectomia

Histerectomia

Extirpação cirúrgica do útero, que se pode efetuar através de uma incisão abdominal ou através da vagina. A histerectomia subtotal inclui a extirpação do corpo do útero deixando o colo (cérvix) no seu lugar. Na histerectomia total extirpa-se o útero em conjunto. A operação efetua-se principalmente quando o útero contém grandes fibromas. Outras indicações da histerectomia são o cancro cervical, os tumores malignos, a presença de células pré-cancerosas no útero ou lesões graves no útero depois de uma cesariana. A histerectomia impede a gravidez, mas não afeta nem o desejo nem a atividade sexual.

Gravidez - Gravidez

Gravidez

Período durante o qual uma mulher contém um feto em desenvolvimento. A gravidez dura aproximadamente 266 dias desde a concepção até ao nascimento da criança. Aceita-se como normal um avariação de 14 dias para mais ou menos. Normalmente, o feto desenvolve-se no útero. Durante a gravidez interrompe-se a menstruação e pode ocorrer um grande aumento do apetite. As mamas aumentam de tamanho e a mulher também pode ter vómitos matutinos. Estas e outras mudanças são produzidas por uma hormona (progesterona) originária inicialmente nos ovários e posteriormente na placenta.