Artigos

Gravidez - Gravidez

Gravidez

Período durante o qual uma mulher contém um feto em desenvolvimento. A gravidez dura aproximadamente 266 dias desde a concepção até ao nascimento da criança. Aceita-se como normal um avariação de 14 dias para mais ou menos. Normalmente, o feto desenvolve-se no útero. Durante a gravidez interrompe-se a menstruação e pode ocorrer um grande aumento do apetite. As mamas aumentam de tamanho e a mulher também pode ter vómitos matutinos. Estas e outras mudanças são produzidas por uma hormona (progesterona) originária inicialmente nos ovários e posteriormente na placenta.

Fibróide - Fibróide

Fibróide

1. Qualificativo dado a determinados tumores do útero constituídos em parte por fibras musculares e em parte por tecido fibroso.

2. Fibroma.

Hematometria - Hematometria

Hematometria

Acumulação de sangue menstrual no útero, devido ao aperto do colo do útero.

Mioma - Mioma

Mioma

Tumor benigno do músculo. O mioma pode aparecer no músculo liso ou no músculo estriado. Os miomas aparecem no útero. Os miomas também podem ser chamados de leiomiomas, fibromas ou fibromiomas

Metrorragia - Metrorragia

Metrorragia

Hemorragia procedente do útero fora dos períodos menstruais. A metrorragia pode indicar a presença de um cancro no colo do útero ou de outra doença do útero.

Fibromioma - Fibromioma

Fibromioma

Tumor constituído por tecido conjuntivo fibroso e por tecido muscular liso, que costuma apresentar-se no útero.

Trompas de Falópio - Trompas de Falópio

Trompas de Falópio

Qualquer das duas trompas ou canais que conduzem o óvulo desde o ovário ao útero.

Papanicolau teste - Papanicolau, teste

Papanicolau, teste

É tecnicamente um método que consiste na colheita das células descamadas do epitélio da vagina e do colo do útero. O teste de Papanicolau é largamente usado para despiste de alterações e prevenir o aparecimento do cancro no útero.

Placenta - Placenta

Placenta

Órgão situado no interior do útero durante a gravidez, mediante o qual o embrião adere à parede deste. A sua função mais importante é a de proporcionar nutrição ao embrião, eliminar os seus resíduos e efetuar as trocas gasosas respiratórias. Estas funções realizam-se pela íntima proximidade dos sistemas sanguíneos materno e fetal no interior da placenta. Funciona também como glândula, segregando a gonadotrofina coriónica, a progesterona e os estrogénios que asseguram a manutenção da gravidez.

Miometrite - Miometrite

Miometrite

Inflamação da parede muscular do útero.