Artigos

Esclerose Múltipla 4 - Esclerose

Esclerose

Endurecimento de um tecido, geralmente devido a uma cicatrização (fibrose) consecutiva a inflamação. Pode afetar os feixes laterais da espinal medula e o cérebro (esclerose lateral amiotrófica) causando uma paralisia muscular progressiva. Também se pode observar em zonas dispersas do cérebro e a medula espinal ou nas paredes das artérias.

Inflamação - Inflamação

Inflamação

Reação defensiva imediata de um tecido ante uma agressão que pode ser provocada por infeção, substâncias químicas ou agentes físicos. Na inflamação ocorre dor, calor, vermelhidão e inchaço, assim como a perda da função da zona afetada. Os vasos sanguíneos próximos da zona de agressão estão dilatados de modo que a corrente sanguínea aumenta localmente. As células sanguíneas introduzem-se no tecido e fagocitam as bactérias e outras partículas estranhas. Algumas células semelhantes dos tecidos eliminam e consomem as células mortas, às vezes com produção de pus, iniciando-se então o processo de cura.