Artigos

Hipercalemia - Hipercalemia

Hipercalemia

Presença no sangue de uma concentração anormalmente elevada de potássio.

slide articulacao 01 - Artrite reumatóide

Artrite reumatóide

Forma de artrite que constitui a segunda doença reumática mais frequente (depois da osteartrite). Afeta tipicamente as articulações dos dedos, dos pulsos, dos pés e dos calcanhares e frequentemente as ancas e os ombros. As articulações são afetadas simetricamente e a sua gravidade é muito diversa. A afeção é diagnosticada por análise do sangue que mostra a presença do fator reumatóide e raios X que revelam as típicas alterações (erosões reumatóides) à volta das articulações afetadas. Diversos tratamento, geralmente baseados em analgésicos anti-inflamatórios, proporcionam o alívio dos sintomas. A afeção pode resolver-se espontaneamente e com frequência ocorrem períodos de remissão dos sintomas.

ArtriteIdiopá2 - Artrite

Artrite

Inflamação de uma ou várias articulações caraterizada por inchaço, calor e avermelhamento da pele, dores e limitação de movimentos. Muitas doenças podem causar artrite, entre as quais se destacam a artrite, entre as quais se destacam a artrite reumatóide, a osteartrite, a gota, a tuberculose, etc. Os inconvenientes principais da artrite são o inchaço local, com dores agudas e limitação dos movimentos.

Às vezes, as articulações, especialmente as do joelho, são atacadas também pelo excesso de formação de líquido sinovial, o que dificulta ainda mais os movimentos. O diagnóstico baseia-se na pauta de distribuição das articulações afetadas, na exploração radiológica, na análise do sangue e no exame do líquido sinovial mediante a punção-aspiração da articulação inflamada. Qualquer doença que afete as membranas sinoviais ou provoque a degeneração de cartilagens pode causar artrite.

O tratamento da artrite depende da sua causa, embora a aspirina e os analgésicos se usem com muita frequência para eliminar a inflamação e, portanto, para reduzir a dor e o inchaço.

Anoxemia - Anoxemia (ou anexiemia)

Anoxemia (ou anexiemia)

Afeção em que existe uma diminuição da concentração de oxigénio no sangue.

o sangue transportado pelo sistema circulatorio mantido com ph na faixa 735 745 gracas acao solucoes tampao 1318601678 - Acapnia

Acapnia

Diminuição da proporção de anidrido Carbónico no sangue. Muitas vezes usa-se este termo para designar a baixa de tensão do anidrido carbónico no sangue, o que deveria designar-se por hipocapnia.

icdef - Bilirrubinemia

Bilirrubinemia

Taxa normal do pigmento biliar bilirrubina no sangue. O seu excesso denomina-se hiperbilirrubinemia. Normalmente, a taxa é de 0,8 miligramas de bilirrubina ultrapassa 1-1,5 miligramas por 100 mililitros, a icterícia torna-se visível.

Xantemia - Xantemia

Xantemia

Existência de substâncias amarelas no sangue; carotinemia.

Hiperinose - Hiperinose

Hiperinose

Excesso de fibrina no sangue. Aumento da coagulabilidade sanguínea.

Veia - Veia

Veia

Vaso sanguíneo que conduz o sangue até ao coração. Todas as veias, menos a pulmonar, conduzem sangue desoxigenado procedente dos tecidos desde os capilares até à veia cava. As paredes das veias são formadas por três camadas de tecidos que são muito mais delgadas e menos elásticas do que as artérias. As veias contêm válvulas que favorecem o retorno do sangue ao coração.

Trombose - Trombose

Trombose

Afeção em que o sangue muda o seu estado líquido ao sólido produzindo-se num coágulo sanguíneo no interior de um vaso. A trombose numa artéria vai obstruir a corrente sanguínea, impedindo a irrigação dos tecidos a que se destina. A obstrução de uma artéria do cérebro é uma das causas de apoplexia (acidente cerebrovascular) e a trombose numa artéria que irriga o coração – trombose coronária – provoca um ataque cardíaco. A trombose também pode ocorrer numa veia e associar-se à inflamação da mesma. O trombo pode soltar-se do seu local de formação e ser transportado pela corrente sanguínea par outro lugar.