Artigos

Hipotensão - Hipotensão

Hipotensão

Pressão arterial anormalmente baixa. Ocorre depois de uma perda excessiva de líquidos (por exemplo, uma diarreia, queimaduras graves ou vómitos) ou em consequência de um extravasamento importante de sangue de qualquer origem (hemorragia). Entre outras causas devem citar-se também o enfarte de miocárdio, a embolia pulmonar, as infeções graves, as reações alérgicas, as arritmias, os estados agudos abdominais (como na pancreatite), a doença de Addison e as drogas (por exemplo, a sobredosagem de drogas utilizadas para combater a hipertensão). Alguns indivíduos sofrem uma descida temporária da pressão sanguínea quando se levantam de uma posição horizontal (é a hipotensão ortostática). Esta hipotensão temporária pode causar um simples desfalecimento (síncope). O doente sente tonturas, sua e pode ocorrer uma perda de consciência. Nos casos graves ocorre uma insuficiência circulatória periférica (choque cardiogénico) com pressão sanguínea quase impercetível, pulso muito fraco e supressão da produção de urina. O doente deve ser colocado em decúbito dorsal com as pernas elevadas e administração de oxigénio. Também pode ser necessária a administração de líquidos ou sangue mediante a infusão intravenosa quando as condições assim o exijam. Deve ser estabelecido também o tratamento da doença que a causou.