Artigos

Eritrasma - Eritrasma

Eritrasma

Infeção superficial e crónica da pele causada pela bactéria Corynebacterium minutissimum, localizada em zonas da superfície corporal com pregas como as virilhas e as axilas, podendo, por vezes, tornar-se generalizada.

Icterícia - Icterícia

Icterícia

Coloração amarela da pele ou da esclerótica ocular produzida pelo excesso de bilirrubina (pigmento biliar) no sangue. As icterícias classificam-se em três tipos: a icterícia obstrutiva, que ocorre quando a bílis que se produz no fígado não consegue chegar ao intestino por obstrução dos canais biliares (por exemplo, por cálculos) ou por colestase. A urina torna-se escura, as fezes pálidas e o doente pode ter prurido. A icterícia hepato-celular deve-se a uma doença da glândula hepática como a hepatite, em que o fígado é incapaz de utilizar a bilirrubina que se acumula no sangue. A urina pode ser escura, mas as fezes conservam a sua cor. A icterícia hemolítica ocorre pela destruição excessiva dos glóbulos vermelhos no sangue. Tanto a urina como as fezes mantêm a sua cor normal.

Estigma - Estigma

Estigma

Qualquer mancha ou impressão sobre a pele.

Tinha - Tinha

Tinha

Infeção micótica da superfície da pele, particularmente localizada no couro cabeludo, nos pés e às vezes nas unhas.

Eritrodermo - Eritrodermo

Eritrodermo

Avermelhamento anormal, espessamento e aspeto escamoso da pele localizado numa extensa área do corpo. É mais frequente depois dos cinquenta anos e afeta o homem três vezes mais do que a mulher. Costuma desenvolver-se com frequência sobre uma doença cutânea prévia, como a psoríase.

img0016 - Cilindroma

Cilindroma

Tumor constituído por ninhos de células epiteliais, poligonais, limitados por septos fibrosos e dispostos em estruturas cilindromatosas. Estão localizados principalmente nas glândulas salivares, na pele, na traqueia e nos brônquios.

Melanina - Melanina

Melanina

Pigmento de cor castanho-escura a negro presente nos pêlos, na pele, na íris e na camada coroideia dos olhos. Está contida numas células especiais chamadas  cromatóforos. Na pele, os cromatóforos encontram-se na derme. A produção de melanina na pele aumenta pela ação da luz solar, que protege as camadas inferiores da pele das radiações solares.

anatomia cabelo - Cabelo

Cabelo

Crescimento filiforme queratinizado da epiderme da pele. Desenvolve-se no interior de um folículo piloso tubular. A parte que sobressai da pele apresenta três camadas: a externa ou cutícula; a córtex, que forma a grossura do cabelo e que contém o pigmento que proporciona ao cabelo a sua coloração; e o núcleo central (medula), que pode estar oco. A raiz do cabelo, por baixo da superfície da pele, expande-se para formar o bolbo que contém uma matriz com células em divisão. À medida que se formam novas células, as mais velhas são empurradas para cima e queratinizam-se para formar a raiz e o fuste do cabelo. O cabelo pode eriçar-se pela ação de um pequeno músculo erector da derme unido ao folículo piloso.

Hiperestesia - Hiperestesia

Hiperestesia

Aumento da sensibilidade, especialmente da pele.

Neomicina - Neomicina

Neomicina

Antibiótico utilizado para tratar infeções provocadas por um amplo espetro de bactérias, sobretudo as que afetam a pele e os olhos. A neomicina costuma ser aplicada em creme ou gotas, associada a outros antibióticos, mas também pode ser administrada oralmente.