Artigos

Estroma - Estroma

Estroma

1. Tecido de sustentação de um órgão.

3. Armação esponjosa de filamentos proteicos nos glóbulos vermelhos do sangue que contém a hemoglobina.

Espasmo - Espasmo

Espasmo

Contração involuntária de um músculo ou de um órgão. O espasmo pode dever-se à afeção do próprio músculo onde se produz ou é provocado por qualquer perturbação da parte do sistema nervoso que controla o músculo em questão. Os espasmos generalizados são habitualmente designados por convulsões. Os espasmos cãibras quando afetam os músculos dos membros e cólicas quando têm a sua sede no estômago, nos intestinos ou noutros órgãos abdominais. O espasmo das artérias do coração recebe o nome de angor pectoris e assume caráter grave. Quando o espasmo é uma contração firme e prolongada, diz-se espasmo tónico. Quando consiste numa série de contrações rápidas alternadas com relaxamento, diz-se espasmo clónico. O espasmo é o sintoma de muitas doenças.

Parênquima - Parênquima

Parênquima

Parte funcional de um órgão em contraste com o tecido de suporte (estroma).

Lacrimais órgãos - Lacrimais, órgãos

Lacrimais, órgãos

Órgãos anexos ao olho e que servem para humedecer e lavar a superfície exterior do globo ocular com as lágrimas.

Transplante - Transplante

Transplante

Implantação de um órgão ou tecido de uma parte do corpo para outra, ou de um indivíduo (dador) a outro (recetor). Os enxertos de pele e ossos são exemplos de técnicas de transplante no mesmo indivíduo. O transplante renal consiste no enxerto de um rim são procedente de um dador, para substituir o rim doente de um recetor.

Olho - Olho

Olho

Órgão da visão especializado na receção e resposta à luz. Tem uma forma quase esférica e é formado por três camadas diferentes. A luz penetra no olho pela córnea que a refrata, através do humor aquoso, para o cristalino. Por meio da mudança da forma do cristalino, a luz é focado, através do humor vítreo, na retina. Na retina, as células sensíveis à luz enviam os impulsos nervosos ao cérebro pelos nervos óticos. A disposição dos dois olhos na parte anterior da cabeça proporciona visão binocular. Ambos os olhos estão contidos no interior de órbitas, sendo controlados pelos músculos extrínsecos do olho.

anaplasia figureC - Anaplasia

Anaplasia

Ausência congénita de um órgão.

protuso - Anteversão

Anteversão

Inclinação de um órgão para a frente. Deslocamento em que o órgão se inclina sem se dobrar ao contrário do que acontece na anteflexão.

Prolapso - Prolapso

Prolapso

Descida, queda ou deslocação para baixo de um órgão ou parte dele, afastando-o da sua posição normal. Pode ocorrer quando os tecidos que o sustêm se debilitam. O útero e o reto são os que com mais frequência são afetados por este processo.

Placenta - Placenta

Placenta

Órgão situado no interior do útero durante a gravidez, mediante o qual o embrião adere à parede deste. A sua função mais importante é a de proporcionar nutrição ao embrião, eliminar os seus resíduos e efetuar as trocas gasosas respiratórias. Estas funções realizam-se pela íntima proximidade dos sistemas sanguíneos materno e fetal no interior da placenta. Funciona também como glândula, segregando a gonadotrofina coriónica, a progesterona e os estrogénios que asseguram a manutenção da gravidez.