Artigos

Lacrimais, órgãos

Lacrimais, órgãos

Órgãos anexos ao olho e que servem para humedecer e lavar a superfície exterior do globo ocular com as lágrimas.

Transplante

Transplante

Implantação de um órgão ou tecido de uma parte do corpo para outra, ou de um indivíduo (dador) a outro (recetor). Os enxertos de pele e ossos são exemplos de técnicas de transplante no mesmo indivíduo. O transplante renal consiste no enxerto de um rim são procedente de um dador, para substituir o rim doente de um recetor.

Olho

Olho

Órgão da visão especializado na receção e resposta à luz. Tem uma forma quase esférica e é formado por três camadas diferentes. A luz penetra no olho pela córnea que a refrata, através do humor aquoso, para o cristalino. Por meio da mudança da forma do cristalino, a luz é focado, através do humor vítreo, na retina. Na retina, as células sensíveis à luz enviam os impulsos nervosos ao cérebro pelos nervos óticos. A disposição dos dois olhos na parte anterior da cabeça proporciona visão binocular. Ambos os olhos estão contidos no interior de órbitas, sendo controlados pelos músculos extrínsecos do olho.

Anteversão

Anteversão

Inclinação de um órgão para a frente. Deslocamento em que o órgão se inclina sem se dobrar ao contrário do que acontece na anteflexão.

Prolapso

Prolapso

Descida, queda ou deslocação para baixo de um órgão ou parte dele, afastando-o da sua posição normal. Pode ocorrer quando os tecidos que o sustêm se debilitam. O útero e o reto são os que com mais frequência são afetados por este processo.

Placenta

Placenta

Órgão situado no interior do útero durante a gravidez, mediante o qual o embrião adere à parede deste. A sua função mais importante é a de proporcionar nutrição ao embrião, eliminar os seus resíduos e efetuar as trocas gasosas respiratórias. Estas funções realizam-se pela íntima proximidade dos sistemas sanguíneos materno e fetal no interior da placenta. Funciona também como glândula, segregando a gonadotrofina coriónica, a progesterona e os estrogénios que asseguram a manutenção da gravidez.

Perfuração

Perfuração

Formação de um orifício num órgão, tecido ou canal. Pode produzir-se no decurso de uma doença, como por exemplo, uma úlcera duodenal, um divertículo do cólon ou um cancro do estômago, permitindo dessa forma, a entrada do conteúdo intestinal na cavidade peritoneal, o que provoca uma inflamação aguda (peritonite), com dor abdominal intensa e choque. O tratamento consiste na reparação cirúrgica da perfuração, embora um tratamento consevador com antibióticos possa induzir uma cura espontânea. A perfuração pode ocorrer por acidente com instrumentos.

Ovários

Ovários

Órgão do aparelho reprodutor feminino, que produz os óvulos e as hormonas esteróides num ciclo regular como resposta às hormonas do lobo anterior da hipófise. Há dois ovários, situados na parte inferior do abdómen, um de cada lado do útero. Cada ovário contém numerosos folículos, em cujo interior se desenvolvem os óvulos, dos quais só uma pequena proporção chega à maturação.

Depois da ovulação forma-se o corpo lúteo, no lugar onde se encontrava o folículo (de onde se libertou o óvulo), que vai segregar progesterona.

D'autres mots-clés

dicionario da saude,ventriculite,hipogastro,abóbada palatina,funiculite,Quisto,abóbada craniana,diáfise,borato de sodio,mialgia epidêmica.