Artigos

Gânglio - Gânglio linfático

Gânglio linfático

Um dos diversos pequenos nódulos que se apresentam, com intervalos, ao longo do sistema linfático. Em numerosas zonas do corpo encontram-se grupos de nódulos ou gânglios, por exemplo, nas virilhas, na axila e atrás da orelha. São compostos por tecido linfóide e funcionam como filtros para a linfa, impedindo que penetrem partículas estranhas na corrente sanguínea. Também produzem linfócitos.

Tecido linfóide - Tecido linfóide

Tecido linfóide

Tecido responsável pela produção de linfócitos e anti-corpos. Encontra-se em órgãos independentes, como os gânglios linfáticos, as amígdalas, o timo e o baço e também formando grupos difusos de células integradas no tecido à volta.

Linfopoiese - Linfopoiese

Linfopoiese

Processo de produção de linfócitos que tem lugar na medula óssea, assim como também nos gânglios linfáticos, no baço, na glândula timo e na parede intestinal. A célula precursora de que derivam os linfócitos não foi ainda identificada.

Leucócito - Leucócito (glóbulo ou célula branca do sangue)

Leucócito (glóbulo ou célula branca do sangue)

Célula do sangue ou linfa, dotada de mobilidade, que contém um núcleo. Em estado normal, há três grupos importantes de leucócitos: granulócitos, linfócitos e monócitos, que estão implicados na proteção do nosso organismo contra as substâncias externas na produção de anticorpos. Em estado de doença podem aparecer no sangue outros tipos de células nucleadas, sobretudo formas notavelmente imaturas de glóbulos vermelhos e brancos.

Linfopenia - Linfopenia

Linfopenia

Diminuição do número de linfócitos no sangue, que pode ocorrer numa ampla variedade de doenças.

Linfocitose - Linfocitose

Linfocitose

Aumento do número de linfócitos no sangue. A linfocitose ocorre numa grande variedade de doenças, incluindo a leucemia linfóide crónica e as infeções produzidas por vírus.