Artigos

celulite infeciosa - Celulite

Celulite

Inflamação do tecido conjuntivo. Deve-se geralmente a uma infeção bacteriana e costuma exigir tratamento antibiótico para impedir a sua propagação à corrente sanguínea. Os agentes antibacterianos, os banhos, as massagens, o exercício e as aplicações de raios ultravioletas constituem métodos do tratamento da celulite.

Tonsilite - Tonsilite

Tonsilite

Inflamação das amígdalas provocada por uma infeção bacteriana ou vírica. Causa dores na orofaringe, febre e dificuldade na deglutição. Se não se trata adequadamente com antibióticos, a tonsilite de origem esptreptocócica pode vir a originar febre reumática ou uma nefrite.

Piomiosite - Piomiosite

Piomiosite

Infeção bacteriana ou micótica de um músculo que provoca uma inflamação muito dolorosa.

Impétigo - Impétigo

Impétigo

Infeção bacteriana da pele, geralmente produzida por estafilacocos embora às vezes por estreptococos. Costuma ser muito comum nos lactentes e nas crianças, desenvolvendo-se principalmente na cara e nas extremidades. A infeção, que se estende rapidamente por todo o corpo, começa com uma mancha vermelha em que se desenvolvem pequenas pústulas que, ao confluírem, formam pequenas ulcerações amarelas. O impétigo é muito contagioso. Esta afeção responde bem ao tratamento com antibióticos. O impétigo é hoje raro nos recém-nascidos, embora um embrião se possa estender rapidamente.

Pieolonefrite - Pieolonefrite

Pieolonefrite

Infeção bacteriana do parênquima renal. Na pielonefrite aguda, o doente tem dores na região lombar, temperatura elevada e calafrios. O tratamento consiste na administração de um antibiótico adequado. Deve efetuar-se uma exploração urológica completa para descobrir qualquer anomalia subjacente e impedir recaídas. Na pielonefrite crónica, os rins diminuem de tamanho e esclerosam-se conduzindo, finalmente, a uma insuficiência renal.

define gallstones 1 - Colecistite

Colecistite

Inflamação da vesícula biliar. Pode ser aguda ou crónica. A colescistite aguda, causada por uma infeção bacteriana, origina febre e dores abdominais agudas. Costuma tratar-se mediante repouso e antibióticos. A colescistite crónica costuma associar-se a cálculos biliares e provoca episódios recorrentes de dor na parte superior do abdómen.