Artigos

Pele - Pele

Pele

Membrana que reveste o organismo, formada por uma camada externa, a epiderme, e uma camada interna, a derme. Por baixo da derme existe uma camada de tecido gordo. A pele tem diversas funções. A epiderme protege o corpo contra os traumatismos e a invasão de parasitas. Ajuda também a evitar a desidratação do corpo. O conjunto dos pêlos eréteis, glândulas sudoríparas e capilares sanguíneos da pele faz parte do mecanismo regulador da temperatura corporal. Quando o corpo está demasiado quente, aumenta a perda de calor por meio da sudação e dilatação dos capilares. Quando o corpo está muito frio, as glândulas sudoríparas permanecem inativas, os capilares contraem-se e a camada de ar mantém-se sobre a epiderme por ação dos pêlos eréteis. Do mesmo modo, a pele atua como órgão sensorial (contém os recetores sensíveis ao calor, ao frio, ao tato e à dor). A camada de gordura por baixo da derme pode atuar como reservatório de alimento e água.

sistema tegumentar - Derme

Derme

Estrato da pele situado entre a epiderme e a hipoderme.

anatomia cabelo - Cabelo

Cabelo

Crescimento filiforme queratinizado da epiderme da pele. Desenvolve-se no interior de um folículo piloso tubular. A parte que sobressai da pele apresenta três camadas: a externa ou cutícula; a córtex, que forma a grossura do cabelo e que contém o pigmento que proporciona ao cabelo a sua coloração; e o núcleo central (medula), que pode estar oco. A raiz do cabelo, por baixo da superfície da pele, expande-se para formar o bolbo que contém uma matriz com células em divisão. À medida que se formam novas células, as mais velhas são empurradas para cima e queratinizam-se para formar a raiz e o fuste do cabelo. O cabelo pode eriçar-se pela ação de um pequeno músculo erector da derme unido ao folículo piloso.

Talangiectasia - Talangiectasia

Talangiectasia

Dilatação vascular a nível dos capilares, visíveis através da epiderme, formando linhas finas vermelhas, isoladas ou agrupadas.

images23 - Eczema

Eczema

Inflamação superficial da pele, que afeta principalmente a epiderme. O eczema causa comichão, com um rash avermelhado, acompanhado por pequenas vesículas que posteriormente formam uma crosta. Pode produzir-se descamação, espessamento e descoloração da pele. Esta perturbação apresenta diversas formas, das quais se destacam: a dermatite eczematosa e o eczema endógeno ou constitucional que se produz sem nenhuma causa externa aparente. A classificação do eczema endógeno baseia-se no seu aspeto e na sua localização.

As cinco formas mais importantes são: o atópico, correntemente em crianças com uma história familiar de alergia; o discóide, caraterizado por pequenas áreas de eczema bem definidas; o ponto fólix (desodrose), que se apresenta nas mãos e nos pés; dermatite seborreica, com placas descamativas em zonas em que se produz mais quantidade de sebo (o couro cabeludo, a cara, etc.) e o eczema varicoso, que se desenvolve nas extremidades inferiores, associado a uma circulação defeituosa. O tratamento do eczema depende da causa, mas habitualmente na terapêutica inclui-se o uso de corticosteróides de aplicação local.

Melanócito - Melanócito

Melanócito

Célula da epiderme que produz o pigmento castanho-escuro melanina.