Artigos

Oftalmomicose - Oftalmomicose

Oftalmomicose

Qualquer doença do olho provocada por fungos.

Gota - Gota

Gota

Doença em que uma alteração do metabolismo do ácido úrico provoca um excesso do mesmo e dos seus sais (uratos) que se acumulam no sangue e nas articulações. Produz ataques de artrite gotosa aguda e destruição crónica das articulações, assim como também o depósito de uratos na pele e nas cartilagens, principalmente do pavilhão auditivo. O excesso de uratos lesiona também os rins, devido à eventual formação de cálculos.

Polimiosite - Polimiosite

Polimiosite

Doença generalizada dos músculos, que pode ser aguda ou crónica. Afeta principalmente os músculos da cintura escapular e pélvica, que se apresentam sensíveis à palpação. A observação microscópica dos músculos afetados de polimiosite mostra alterações inflamatórias difusas. O alívio dos sintomas obtém-se com substâncias corticosteróides. A pele pode tornar-se vermelha.

Nocardiose - Nocardiose

Nocardiose

Doença provocada pelas bactérias do género Noocardia, afetando principalmente os pulmões, a pele e o encéfalo e que forma abcessos. A nocardiose trata-se com antibióticos.

index 2 - Ataxia

Ataxia

Movimento trémulo e passo inseguro que se produz pela incapacidade de o cérebro regular a postura corporal e a força e direção dos movimentos das extremidades. É produzida por uma doença dos nervos voluntários. O doente cambaleia ao andar, não consegue pronunciar as palavras adequadamente e apresenta nistagmo. A ataxia de Friedreich é uma perturbação hereditária que aparece na adolescência.

paresia - Paresia

Paresia

Debilidade muscular provocada por uma doença do sistema nervoso. A debilidade muscular na paresia é menos grave do que na paralisia, embora os dois termos costumem ser utilizados indistintamente.

Xeroftalmia - Xeroftalmia

Xeroftalmia

Doença da conjuntiva em que esta se apresenta seca, espessada e inflamada, como resultado da falta de vitamina A na sua alimentação.

Siringomielia - Siringomielia

Siringomielia

Doença da espinal medula em que se formam cavidades longitudinais na zona cervical da referida medula (pescoço). A cavidade situada na região central produz com toda a certeza a lesão das células motoras nervosas e das fibras nervosas que transmitem as sensações de dor e temperatura. Produz-se especificamente uma debilidade e atrofia dos músculos das mãos com perda da sensibilidade à dor e à temperatura.

sintoma - Sintoma

Sintoma

Manifestação de uma doença ou perturbação que o próprio doente nota.

SIDA - SIDA (síndrome de imunodeficiência adquirida)

SIDA (síndrome de imunodeficiência adquirida)

Doença caraterizada pela perda da resposta imunitária citodependente, devido à diminuição do número de certos linfócitos T. Depois de um período prolongado de incubação (até três anos), o doente apresenta febre, perda de peso, espessamento dos gânglios linfáticos e finalmente acaba por sucumbri a certas infeções graves (por exemplo, uma pneumonia severa produzida pelo inóquo protozoário Pneumocystis carinii) ou pelo cancro, particularmente o sarcoma de Kaposi. No início, a SIDA apareceu preferencialmente entre homessexuais, mas depois começou a afetar igualmente os heterossexuais, pois a doença transmite-se através de profutos hemáticos. O agente causador é um retrovírus com capacidade antigénica.