Artigos

Hipertensão portal - Hipertensão portal

Hipertensão portal

Estado em que a pressão do interior da veia porta hepática está aumentada, provocando a hipertrofia do baço, dilatação das veias do esófago (com risco de hemorragia severa) e acumulação de líquido na cavidade peritoneal. A causa mais comum da hipertensão portal é a cirrose, embora também possam produzir outras doenças do fígado ou a trombose da veia porta. O tratamento efetua-se mediante drogas diuréticas, embora em certas circunstâncias se torne necessária a intervenção cirúrgica que anastomosa a veia porta com a veia cava inferior excluindo a passagem pelo fígado (anastomose porto-cava).

Hepatoma - Hepatoma

Hepatoma

Tumor maligno do fígado que se origina nas células maduras hepáticas. Nos países ocidentais é raro nos indivíduos com fígado normal, mas desenvolve-se frequentemente em doentes afetados de cirrose.

cirrose hepatica - Ascite

Ascite

Acumulação de líquido na cavidade peritoneal que causa o aumento de volume do abdómen. Entre as suas causas destacam-se as infeções (como por exemplo, a tuberculose), a insuficiência cardíaca, a hipertensão, a cirrose e diversos cancros (particularmente do ovário e do fígado).

A ascite é uma das consequências mais vulgares da cirrose hepática. Num fígado cirrótico, cuja consistência é aumentada, dificulta a passagem do sangue. Isto, juntamente com a diminuição das proteínas plasmáticas, é responsável pela ascite, ou seja, pela passagem de líquido plasmático da veia para a cavidade abdominal.