Artigos

Cegueira noturna - Cegueira noturna (ou hemeralopia)

Cegueira noturna (ou hemeralopia)

Visão imperfeita com luz de pouca intensidade ou de noite. Deve-se a uma perturbação das células da retina responsáveis pela visão com luz débil, que pode ter origem numa alimentação pobre em vitamina A. Se o défice vitamínico continua, a cegueira noturna progride para a xeroftalmia e a queratomalacia.

Lipoma - Lipoma

Lipoma

Tumor não maligno comum formado por células gordas bem diferenciadas.

Osteocondroma - Osteocondroma

Osteocondroma

Tumor ósseo composto por células formadoras de cartilagem. Apresenta-se como uma massa indolor, geralmente na extremidade de um osso comprido. Uma pequena porção destes tumores torna-se maligna quando não se tratam e por esse motivo devem ser extirpados.

RNA Nucleobases.svg  - ARN (ácido ribonucieico)

ARN (ácido ribonucieico)

Ácido nucleico existente no núcleo e no citoplasma das células e que participa na síntese das proteínas. Em alguns vírus, o ARN é o material genérico. A molécula é um filamento único formado por unidades denominadas nucleótidos.

sangre.jpg - Célula hemática

Célula hemática

Qualquer das células presentes no sangue em estado de saúde ou doença. Podem classificar-se em duas categorias importantes, denominadas glóbulos vermelhos (eritrócitos) e glóbulos brancos (leucócitos), entre os quais se incluem os granulócitos, os linfócitos e os monócitos. As células do sangue e as plaquetas formam aproximadamente 40% do volume total do sangue em estado normal. Os glóbulos vermelhos constituem a maioria deste volume.

Lipoidose - Lipoidose

Lipoidose

Qualquer perturbação do metabolismo dos lípidos no interior das células no nosso organismo. As lipoidoses cerebrais são defeitos congénitos provocados pela acumulação de lípidos no cérebro.

acantose pescoco - Acantose

Acantose

Engrossamento generalizado da camada mais funda da epiderme com multiplicação e aumento anormal do número de células. Na Acanthosis nigricans produzem-se uns tumores papilares escuros, principalmente nas dobras cutâneas como as virilhas, as axilas e a boca. Costuma ser sintoma de cancro interno.

Tecido conjuntivo - Tecido conjuntivo

Tecido conjuntivo

Tecido que suporta, envolve ou separa tecidos mais especializados, órgãos ou funções, constituindo o tecido base do organismo. Possui uma substância intersticial amorfa de mucopolissacáridos em que se incluem fibras brancas (colagénio), amarelas (elásticas) e reticulares, células adiposas, fibroblastos, mastócitos e macrófagos. As variações na composição química da substância intersticial e na proporção e quantidade das células e fibras originam tecidos de caraterísticas muito diferentes, entre os quais se destacam os ossos, as cartilagens, os tendões e os ligamentos, assim como o tecido adiposo, areolar e elástico.

Tecido - Tecido

Tecido

Conjunto de células especializadas em realizar uma determinada função. As células podem ser do mesmo tipo ou de tipos diferentes. Os órgãos são formados por conjuntos de tecidos.

Queratinização - Queratinização

Queratinização

Processo no qual as células adquirem consistência córnea por depósito de queratina no seu interior. Produz-se na epiderme da pele e das estruturas associadas.