Tendinite - Tendinite

Tendinite

Inflamação de um tendão. Ocorre com mais frequência depois de exercício prolongado, embora às vezes, se deva a uma infeção bacteriana ou a uma doença reumática generalizada, como por exemplo, a artrite reumatóide ou a espondilite anquilosante. O tratamento consiste em imobilizar a articulação adjacente e injeção de corticoesteróides na área dorida que rodeia o tendão.

Tétano - Tétano

Tétano

Infeção aguda que afeta o sistema nervoso, provocada pela bactéria Clostridium tetani. A infeção ocorre através da contaminação das feridas pelos esporos bacterianos. As bactérias multiplicam-se no lugar da infeção e produzem uma toxina que irrita os nervos, originando uma contração espasmódica dos músculos, quatro a vinte e cinco dias após a infeção. Os sintomas consistem no entumescimento muscular, espasmos e rigidez consecutiva, primeiro, a nível da mandíbula e pescoço e posteriormente, nas costas, peito, abdómen e extremidades. Nos casos graves, os espasmos afetam todo o corpo, que adquire uma postura arqueada, de concavidade posterior. São comuns a febre elevada, as convulsões e dores intensas. Quando são afetados os músculos respiratórios, a traqueostomia é essencial para evitar a morte por asfixia. A mortalidade é elevada nos casos não tratados, mas o tratamento precoce com penicilina e antotoxina é eficaz. Um ataque deste tipo não confere imunidade. A imunização contra o tétano é eficaz, mas temporária, devendo ser repetida de dez em dez anos.

Toracalgia - Toracalgia

Toracalgia

Dor a nível do tórax.

Tuberculose - Tuberculose

Tuberculose

Doença infeciosa causada pelo bacilo Mycobacterium tuberculosis e caraterizada pela formação de lesões nodulares (tubérculos) nos tecidos. Na tuberculose pulmonar, o bacilo é inalado pelos pulmões, desenvolvendo um tubérculo primário com extensão aos gânglios linfáticos próximos. As defesas imunitárias naturais podem resolvê-lo durante este período. Alternativamente, a doença pode permanecer latente durante meses ou anos e flutuar segundo a resistência do doente. Muitas pessoas infetadas não apresentam sintomas. Os sintomas da doença ativa incluem, febre, suores noturnos, perda de peso e expetoração hemoptóica.

Em alguns casos, os bacilos disseminam-se desde o pulmão pela corrente sanguínea, provocando a formação de milhões de pequeníssimos tubérculos por todo o organismo ou emigrando para as meninges para causar a meningite tuberculosa. Os bacilos cuja porta de entrada foi a boca, usualmente o leite de vaca infetado, originam um complexo primário nos gânglios linfáticos abdominais, provocando peitonites e disseminando-se, por vezes, a outros órgãos, articulações e ossos. A tuberculose é tratada com o antibiótico esptrptomicina, a isoniazida (INH) e com o ácido para-amino-salicílico (PAS), entre outros. Nas medidas de prevenção incluem-se a deteção dos portadores com o screening radiológico e a inoculação com a vacina BCG nos que não têm imunidade à doença.

Tocograma - Tocograma

Tocograma

Registo gráfico das contrações uterinas.

Tinha - Tinha

Tinha

Infeção micótica da superfície da pele, particularmente localizada no couro cabeludo, nos pés e às vezes nas unhas.

lcera gástrica - Úlcera gástrica

Úlcera gástrica

Úlcera no estômago provocada pela ação do ácido clorídrico, a pepsina e a bílis, no revestimento do estômago (mucosa). A produção de ácido gástrico não costuma aumentar. Entre os sintomas, destacamos os vómitos e a dor na parte superior do abdómen pouco depois da ingestão de alimentos, bebidas alcoólicas ou com cafeína. Como complicações pode apresentar-se hemorragia, perfuração e obstrução depois da cicatrização. Pode, por vezes, malignizar.

Trombocitopénia - Trombocitopénia

Trombocitopénia

Diminuição do número de plaquetas no sangue circulante. Provoca hemorragias na pele, equimoses espontâneas ou hemorragias profundas depois de um traumatismo.

Transplante - Transplante

Transplante

Implantação de um órgão ou tecido de uma parte do corpo para outra, ou de um indivíduo (dador) a outro (recetor). Os enxertos de pele e ossos são exemplos de técnicas de transplante no mesmo indivíduo. O transplante renal consiste no enxerto de um rim são procedente de um dador, para substituir o rim doente de um recetor.

Tirotoxicose - Tirotoxicose

Tirotoxicose

Síndrome devido a quantidades excessivas de hormonas tiróides na corrente sanguínea, o que provoca um aumento da frequência cardíaca, sudação, tremor, ansiedade, aumento do apetite, perda de peso e intolerância ao calor.