Nefralgia - Nefralgia

Nefralgia

Dor nos rins. A dor localiza-se na região lombar.

Narcose - Narcose

Narcose

Estado de consciência diminuída ou de absoluta inconsciência provocado pelo uso de drogas narcóticas que têm um efeito depressivo sobre o sistema nervoso. As reações corporais aos estímulos estão diminuídas e o corpo pode estar completamente sedado ou anestesiado.

Nefrolitíase - Nefrolitíase

Nefrolitíase

Presença de cálculos nos rins. Esses cálculos podem causar dores e hematúria, embora às vezes sejam assintomáticos. Deve efetuar-se uma completa investigação para determinar a causa subjacente à formação do cálculo. Quando os cálculos causam obstrução e infeção urinária, pode ser necessária uma intervenção cirúrgica.

Nasolacrimal - Nasolacrimal (canal)

Nasolacrimal (canal)

Canal que conduz as lágrimas do olho para o nariz.

Nefrose - Nefrose

Nefrose

Mudanças degenerativas que ocorrem no epitélio dos tubos renais.

Nefropexia - Nefropexia

Nefropexia

Operação para fixar um rim móvel. O rim fixa-se à costela e à parede abdominal posterior adjacente.

Natalidade - Natalidade (taxa de)

Natalidade (taxa de)

Quociente do número de nados-vivos verificados num determinado período e população média do mesmo período.

Nefrobiastoma - Nefrobiastoma

Nefrobiastoma

Tumor maligno do rim que ocorre na infância. É raro depois dos oito anos de idade e o sintoma mais evidente é a tumefação abdominal. O tratamento faz-se por cirurgia (nefrectomia), seguido por radioterapia e drogas citotóxicas.

neurocirculatoria - Neurocirculatória (astenia)

Neurocirculatória (astenia)

Complexo sintomático caraterizado por dispneia, sufocação, vertigens, fadiga, palpitações, ansiedade, dores na região precordial e sensação de morte. Esta sintomatologia sobrevém geralmente por crises e é quase sempre atribuída pelo doente a afeção cardíaca, mas trata-se antes do efeito de determinados fatores psicológicos certamente num terreno constitucional propício.

Nistagmo - Nistagmo

Nistagmo

Movimentos rápidos e involuntários dos olhos que podem ser de um lado para o outro, de cima para baixo ou de caráter rotatório. O nistagmo pode ser congénito e associar-se a uma visão defeituosa; também pode ocorrer nas afeções do órgão do equilíbrio no ouvido ou da zona do cérebro associada ao mesmo. Os movimentos, em forma de batimentos, ocorrem, às vezes, em pessoas cansadas, ao efetuarem movimentos forçados dos olhos: denominam-se nistagmo espontâneo e não pressupõem doença.