Hipóstase - Hipóstase

Hipóstase

Acumulação de líquido ou sangue nas zonas declives do corpo por ação da gravidade nos casos de circulação escassa. A congestão hipostática das bases pulmonares observa-se em doentes debilitados confinados ao leito. A hipóstase predispõe à pneumonia, mas pode ser evitada mediante uma assistência cuidadosa e com fisioterapia. Um estado semelhante produz-se nas zonas declives do corpo depois da morte.

Hipopneia - Hipopneia

Hipopneia

Diminuição do ritmo respiratório, que revela a tentativa do organismo por compensar perturbações metabólicas causadas por afeções de órgãos extra-respiratórios, mediante a retenção do anidrido carbónico (retenção ácida).

glândula pituitária - Hipopituitarismo

Hipopituitarismo

Atividade deficitária da glândula pituitária que causa deficiência de crescimento na infância e um síndroma de insuficiência da função sexual e envelhecimento prematuro na idade adulta.

Hiponatrémia - Hiponatrémia

Hiponatrémia

Presença no sangue de uma concentração anormalmente baixa de sódio. Ocorre na desidratação.

Hipomenorreia - Hipomenorreia

Hipomenorreia

Eliminação de quantidade anormalmente reduzida de sangue na menstruação. A duração de uma hemorragia pode ser igual ou mais breve.

Hemácias - Hemácias

Hemácias

Glóbulo vermelho do sangue.

Hipoglicémia - Hipoglicémia

Hipoglicémia

Diminuição da quantidade de glicose no sangue, que provoca debilidade e incoordenação muscular, confusão mental e sudação. Pode conduzir ao coma hipoglicémico. A forma mais comum de hipoglicémia ocorre na diabetes mellitus em consequência do excesso de insulina e de um défice de hidratos de carbono na alimentação. Trata-se mediante a administração de glicose por injeção se o doente está em coma; nos outros casos, oralmente.

Hiperventilação - Hiperventilação

Hiperventilação

Respiração anormalmente prolongada, rápida e profunda. Tem como sintomas: confusão, vertigens, torpor e cãibras musculares.

Hipermetropia - Hipermetropia (ou hiperopia)

Hipermetropia (ou hiperopia)

Afeção em que os raios luminosos paralelos se situam num foco atrás da retina quando a acomodação está relaxada. Os objetos situados a menos de seis metros do olho parecem turvos e os objetos situados a mais de seis metros não se vêm claros, mas em muitos casos podem tornar-se nítidos com o esforço da acomodação. A visão normal pode ser conseguida com lentes convexas.

hipergonadismo - Hipergonadismo

Hipergonadismo

Excessiva secreção interna do testículo ou do ovário.