Gonococo - Gonococo

Gonococo

Agente causador da gonorreia, a bactéria Neisseria gonorrhoeae. É um microrganismo em forma de rim, geralmente associado aos pares (diplococo) e gram-negativo.

gonagra - Gonagra

Gonagra

Ataque de gota que afeta o joelho.

Glândula tiróide - Glândula tiróide

Glândula tiróide

Glândula endócrina grande que se encontra situada na base do pescoço. É formada por dois lobos, um de cada lado da traqueia, que se unem por um istmo (em alguns casos, existe um terceiro lobo, que a partir do istmo, se dirige para cima). A glândula tiróide é formada por um extenso número de folículos fechados que contêm um colóide gelatinoso, que por sua vez contém as principais substâncias ativas segregadas pela glândula. A glândula tiróide está implicada na regulação do ritmo metabólico mediante a segregação da hormona tirotropina (TSH), que por sua vez está estimulada pela hormona tirotropa segregada pela glândula pituitária (hipófise). Para a sua função, a glândula tiróide exige certas quantidades de iodo.

Gengivectomia - Gengivectomia

Gengivectomia

Extirpação cirúrgica de tecido na gengiva.

Gangrena gasosa - Gangrena gasosa

Gangrena gasosa

Morte ou putrefação do tecido de uma ferida infetada pela bactéria do solo Clostridium welchii. As toxinas produzidas pela bactéria originam a destruição e putrefação do tecido conjuntivo com produção de gás. O tratamento costuma ser cirúrgico.

Globina - Globina

Globina

Proteína do nosso organismo que pode combinar-se com grupos ferrosos para formar a hemoglobina (que se encontra nos glóbulos vermelhos do sangue) e a mioglobina (que se encontra nos músculos).

glioma - Glioma

Glioma

Qualquer tumor de células não nervosas (glia) do sistema nervoso. O termo utiliza-se às vezes para designar todos os tumores que se apresentam no sistema nervoso central incluindo astrocitomas oligodendrogliomas, meduloblastomas e ependimomas. Os tumores de escassa malignidade originam sintomas pela pressão que exercem sobre as estruturas vizinhas. Os tumores de grande malignidade têm capacidade invasiva.

Glicose - Glicose (ou glucose)

Glicose (ou glucose)

Açúcar simples que contém seis átomos de carbono (hexose). É uma importante fonte de energia do organismo e a única fonte de energia para o cérebro. A glicose livre não se apresenta em muitos alimentos. No entanto, a glicose é um dos elementos da sacarose e do amido, que produzem glicose depois da digestão. A glicose armazena-se no organismo em forma de glicogénio. A concentração de glicose no sangue mantém-se a um nível de 5 milimoles por litro pela ação de diversas hormonas, principalmente a insulina.

Gastroduodenostomia1 - Gastroduodenostomia

Gastroduodenostomia

Intervenção cirúrgica em que o duodeno (geralmente a sua terceira ou quarta porção) se anastomosa a uma abertura efetuada no estômago a fim de excluir uma obstrução (como a estenose pilórica) ou para facilitar a saída do alimento do estômago depois de uma vagotomia.

glicogenio - Glicogénio (ou glucogénio)

Glicogénio (ou glucogénio)

Hidrato de carbono formado por cadeias ramificadas de glicose (glucose). O glicogénio é a forma principal de armazenagem dos hidratos de carbono no organismo. Concentra-se no fígado e nos músculos e pode desdobrar-se rapidamente em glicose.