Fibra nervosa - Fibra nervosa

Fibra nervosa

Estrutura longa e fina que emerge do corpo celular de um neurónio e que conduz os impulsos nervosos. Feixes de fibras nervosas que agrupados conjuntamente formam um nervo. Cada fibra tem uma bainha que, nas fibras nervosas mielínicas, forma uma camada relativamente grossa que contém a substância isolante denominada mielina.

fecundacao - Fecundação

Fecundação

Para que a fecundação tenha lugar é necessário que o óvulo e o espermatozóide se encontrem e que este se funda no primeiro, dando origem ao ovo ou zigoto. Para tal, o espermatozóide tem uma série de movimentos ativos mediante os quais pode atravessar a cavidade uterina e alcançar o óvulo. As rápidas mudanças por que passa a membrana do óvulo impedem a penetração de outros espermatozóides. A penetração estimula a concretização da meiose e a formação do segundo corpo polar. Terminada a fusão dos pronúcleos masculino e feminino, o zigoto começa a dividir-se.

Fígado - Fígado

Fígado

Glândula maior do nosso organismo e que está situado na zona superior direita da cavidade abdominal. O fígado divide-se pelas fissuras em quatro lobos: o direito (lobo maior), o esquerdo, o quadrado e o caudado. Está ligado ao diafragma e às paredes abdominais por cinco ligamentos, entre os quais o ligamento falciforme, que separa os lobos direito e esquerdo e o ligamento fibroso redondo que deriva da veia umbilical embrionária. O sangue venoso contido pelos alimentos digeridos é conduzido ao fígado pela veia porta. As ramificações desta veia passam entre os lobos e terminam os sinusóides.

O sangue oxigenado é proporcionado pela artéria hepática. O sangue sai do fígado através de uma veia central em cada lobo que drena na veia hepática. O fígado enerva-se por meio das fibras nervosas parassimpáticas. O fígado tem um núemro importante de funções. Sintetiza a bílis que flui para a vesícula biliar antes de entrar no duodeno. O fígado é um lugar importante do metabolismo dos hidratos de carbono, das proteínas e das gorduras. Regula a quantidade de açúcar do sangue, convertendo o excesso de glicose; elimina o excesso de aminoácidos, desdobrando-os em amoníaco e finalmente em ureia; armazena e metaboliza as gorduras. O fígado também sintetiza o fibrinogénio, a protrombina (substâncias importantes para a coagulação) e a heparina, que é um anticoagulante. Forma os glóbulos vermelhos sanguíneos no feto e é o lugar de produção das proteínas plasmáticas. Desempenha um papel importante na desintoxicação de substâncias venenosas e destrói os glóbulos vermelhos lesados e outras substâncias indesejáveis, como o excesso de estrogénios na mulher. O fígado é também o lugar de síntese da vitamina A; esta vitamina é armazenada também no referido órgão juntamente com as vitaminas B12 e D.

Fontanela - Fontanela

Fontanela

Orifício do crânio de um feto ou de uma criança pequena causada pela ossificação incompleta dos ossos do crânio, o que causa o encerramento incompleto das suturas. A fontanela anterior apresenta-se no lugar em que convergem as suturas coronal, frontal e sagital. A fontanela posterior apresenta-se na zona onde confluem as suturas sagital e lâmbdica.

Fototaxia - Fototaxia

Fototaxia

Movimento de uma célula ou organismo como resposta ao estímulo da luz.

Fenilcetonúria - Fenilcetonúria

Fenilcetonúria

Doença hereditária que se transmite de modo recessivo. Origina a mais conhecida das encefalopatias metabólicas, tendo como sintomas, paragem do desenvolvimento mental e convulsões, que se verificam, em geral, a partir do segundo trimestre. Designa-se também por oligofrenia. São os produtos intermediários do metabolismo do aminoácido – fenilalanina – que são tóxicos para o encéfalo nas primeiras fases do desenvolvimento e que aparecem na urina. As lesões são irreversíveis e exigem, portanto, um diagnóstico precoce.

Falanges - Falanges

Falanges

Pequenos ossos dos dedos das mãos e dos pés. O primeiro dedo (polegar da mão) tem duas falanges. Cada um dos restantes dedos tem três falanges, designadas, a partir dos metatarsos, por falange propriamente dita, falanginha e falangeta.

Fotoftalmia - Fotoftalmia

Fotoftalmia

Inflamação ocular provocada pro estímulos luminosos intensos, como a luz elétrica forte, o reflexo da luz solar na neve, a luz dos metais incandescentes, etc.

Fluorose - Fluorose

Fluorose

Efeitos sobre o organismo da absorção excessiva de fluoretos. A fluorose dentária carateriza-se por manchas no esmalte, que se torna opaco. Este fenómeno aumenta quando o nível do flúor na água potável supera duas partes por milhão. O esmalte manchado torna-se sensível à cárie. Quando a concentração ultrapassa oito partes por milhão, surge a fluorose sistémica, com calcificação dos ligamentos.

Farmacodinâmica - Farmacodinâmica

Farmacodinâmica

Estudo da ação dos medicamentos sobre os diversos sistemas dos organismos vivos. Distingue-se da quimioterapia, que estuda o efeito dos agentes com ação eletiva sobre os microrganismos (bactérias, fungos, vírus, etc.).