Feocromócito - Feocromócito

Feocromócito

Célula cromafim.

Fadiga - Fadiga

Fadiga

Cansaço mental ou físico consecutivo a uma atividade prolongada ou intensa. A fadiga muscular é causada pelos resíduos do metabolismo acumulados nos músculos antes de poderem ser eliminados pela corrente sanguínea venosa. A ingestão incorreta ou inadequada de alimentos e as doenças podem predispor à fadiga. Incapacidade de um organismo, órgão ou tecido para responder normalmente a um estímulo adequado enquanto não tenha passado um certo tempo de recuperação.

Fibróide - Fibróide

Fibróide

1. Qualificativo dado a determinados tumores do útero constituídos em parte por fibras musculares e em parte por tecido fibroso.

2. Fibroma.

Fisiologia - Fisiologia

Fisiologia

Ramo da ciência médica que estuda as funções normais dos vários órgãos e as transformações por que passa todo o corpo durante as suas atividades.

Fibrose quística - Fibrose quística

Fibrose quística

Doença hereditária que afeta as glândulas exócrinas (incluindo as glândulas de secreção mucosa, as glândulas sudoríparas e outras). Consiste na produção de um muco espesso que tapa as glândulas intestinais, no pâncreas e nos brônquios. As infeções respiratórias, que podem ser graves, são uma complicação habitual. O suor contém quantidades elevadas de sódio e cloro, o que constitui uma ajuda para o diagnósticos. O tratamento consiste em minimizar os efeitos da doença administrando enzimas pancreáticas, fisioterapia bronqueal, assim como também prevenindo e combatendo as infeções secundárias.

Fibra nervosa mielínica - Fibra nervosa mielínica

Fibra nervosa mielínica

Fibra nervosa que tem uma bainha de mielina que rodeia e isola o seu eixo.

Fimatose1 - Fimatose

Fimatose

1. Estado caraterizado pela existência de múltiplos tumores ou tubérculos cutâneos.

2. Tuberculose.

Frenite - Frenite

Frenite

Inflamação do diafragma, em regra consequente a uma pleurisia diafragmática a uma pericardite ou a uma supuração infradiafragmática.

Farmacologia - Farmacologia

Farmacologia

Estudo da ação dos medicamentos sob todos os seus aspetos, nomeadamente o conhecimento da história, origem, propriedades físico-químicas, efeitos bioquímicos e fisiológicos, mecanismos de ação, absorção, distribuição e biotransformação.

Feminização - Feminização

Feminização

Desenvolvimento dos caracteres sexuais secundários femininos (hipertrofia da mama, perda do pêlo facial e gordura debaixo da pele) no homem, como resultado de uma ou em consequência de um tratamento por hormonas estrogénicas.