transferir1 - Aneurismectomia

Aneurismectomia

Extirpação cirúrgica de aneurisma.

images3 - Antraz

Antraz

Aglomeração de furúnculos com numerosos condutos de drenagem. Esta infeção costuma ser produzida pelo Staphylococcus aureus e normalmente origina uma extensa escara na pele. Trata-se com antibióticos e algumas vezes com intervenção cirúrgica /drenagem).

atp17 - ATP (trifosfato de adenosina)

ATP (trifosfato de adenosina)

Composto celular que contém adenina, ribose e três grupos de fosfato armazenam energia que a célula necessita para a contração muscular. Esta energia liberta-se quando o ATP se divide em ADP ou AMP. O ATP forma-se a partir do ADP ou AMP, utilizando a energia que se liberta pelo desdobramento dos hidratos de carbono ou de outras substâncias alimentares.

olf - Anosmia

Anosmia

Perda do sentido do olfacto. Às vezes, deve-se a uma infeção das vias aéreas superiores, mas também pode ser causado por uma fratura da fossa anterior do crânio ou por um tumor cerebral frontal.

images 72 - Acianoblepsia (ou acionopsia)

Acianoblepsia (ou acionopsia)

Incapacidade de distinguir a cor azul.

epilepsy 03 - Ausência

Ausência

Falta de memória acidental ou perda momentânea de conhecimento no pequeno mal epiléptico.

transferir 13 - Aorta

Aorta

Artéria principal do organismo, de que derivam todas as outras. Começa no ventrículo esquerdo (aorta ascendente) para se arquear por cima do coração e descer diante da coluna vertebral (aorta descendente). Proporciona uma série de grandes e pequenas ramificações arteriais para acabar por se bifurcar nas artérias ilíacas primitivas direita e esquerda. A parte da aorta que desce desde o arco aórtico até ao diafragma denomina-se aorta torácica; a parte situada por baixo do diafragma chama-se aorta abdominal.

Adie síndroma desíndroma de Holmes Adie - Adie, síndroma de(síndroma de Holmes-Adie)

Adie, síndroma de(síndroma de Holmes-Adie)

Anomalia das pupilas oculares que costuma manifestar-se apenas num dos olhos. Em repouso, a pupila afetada é maior que o normal, reage lentamente à luz e a resposta à convergência dos olhos é também lenta. Finalmente, a pupila afetada
contrai-se muito mais do que a sua homóloga normal. Podem estar abolidos um ou vários reflexos tendinosos. Esta síndroma costuma apresentar-se quase exclusivamente na mulher.

1214404982444apendicite final - Apêndice

Apêndice

Designa geralmente o apêndice vermiforme do intestino grosso. É um canal curto e delgado com forma de fundo de saco, de uns 7 a 10 centímetros de comprimento, que se encontra no fundo do cego (porção no início do intestino grosso). Não se conhece a sua função no homem e pode infetar-se e inflamar-se, principalmente nos adultos jovens.

dicas de como controlar a ansiedade - Ansiedade

Ansiedade

Temor generalizado omnipresente. O estado de ansiedade é uma forma de neurose em que a ansiedade domina a vida do doente. Pode tratar-se mediante psicoterapia, terapia comportamental e medicamentos tranquilizantes.

As suas causas nem sempre são evidentes.