posição lateral de segurança - Choque

Choque

O indivíduo em estado de choque está prostrado, mas pode ser incitado a responder inteligivelmente. Apresenta a face e a pele pálidas e produz transpiração abundante. O pulso é rápido, a pressão arterial é baixa e a respiração é irregular e ofegante.

p 603 1 - Chiari (doença de H.)

Chiari (doença de H.)

Trombose das veias supra-hepáticas, acompanhada, entre outras, de dores abdominais, ascite e edemas. É sintoma de arteriosclerose.

images14 - Cetose

Cetose

Acidose que se carateriza pela presença de grandes quantidades de corpos cetónicos no organismo.

fig1 - Cervical

Cervical

Que se relaciona com o pescoço ou com um colo qualquer, como por exemplo, o do útero ou o da bexiga.

canal - Cerúmen

Cerúmen

Secreção espessa, untosa e amarelada produzida pelas glândulas sebáceas no canal auditivo externo do ouvido externo. Tem por missão proteger a pele delicada que reveste o interior do referido canal.

9240 11232 5 - Cerebrospinal

Cerebrospinal

Que se relaciona com o cérebro ou com o encéfalo e a medula espinal.

hemisferios cerebro - Cérebro

Cérebro

Zona maior e mais desenvolvida do encéfalo constituída por dois hemisférios cerebrais, separados entre si por um sulco inter-hemisférico situado na linha média. Cada hemisfério tem uma camada externa de matéria cinzenta, o córtex cerebral, debaixo do qual se encontra a matéria branca que contém os gânglios basais. No fundo da fissura inter-hemisférica e ligando os dois hemisférios, aparece o corpo caloso, froamdo por um feixe denso de fibras nervosas.

No interior de cada hemisfério encontra-se uma cavidade cheia de fluido em forma de meia-lua (ventrículo lateral), que comunica com o terceiro ventrículo, que ocupa uma oposição central. O cérebro é o responsável pela iniciação e coordenação de toda a atividade voluntária corporal e determina o funcionamento das zonas inferiores do sistema nervoso. O córtex é o centro de todo o comportamento inteligente.

Nenhum outro ser vivo possui o lobo frontal, pois o mesmo é exclusivo do ser humano. Nele parecem assentar os impulsos morais, a consciência da identidade própria e a fantasia. As lesões no lobo frontal causam frequentemente a perda do sentido da responsabilidade.

No centro da motricidade controlam-se os movimentos do corpo. Na região superior encontram-se os centros dos movimentos das pernas, mais em baixo os dos braços e o do tronco, e mais em baixo ainda os da cabeça. Uma hemorragia cerebral (ataque de apoplexia) no centro da fala pode afetar sensivelmente a capacidade de formar palavras. O centro para a compreensão da fala está localizado no lobo temporal.

No centro da audição elaboram-se as impressões acústicas, inclusive as faladas. No centro da sensibilidade corporal convergem todas as informações do corpo sobre a pressão e a dor.

O reconhecimento e a memória ótica concentram-se no lobo occipital, tálamo ótico. Sem o centro de cálculo não poderia existir matemático. Também se localiza aqui a noção de direito e esquerdo e a orientação espacial.

images13 - Cerebelo

Cerebelo

A zona mais extensa do encéfalo posterior que se segue aos lobos occipitais do cérebro. Como o cérebro, tem um córtex cinzento externo e um núcleo ou centro de substância branca. Tem dois hemisférios, um de cada lado da região central, e a sua superfície introduz-se para o interior formando uma série de lobos separados por sulcos. No interior encontram-se quatro pares de núcleos cinzentos.

O cerebelo é essencial para a manutenção do tónus muscular, o equilíbrio e a sincronização da atividade de grupos musculares submetidos ao controlo da vontade, tornando a contração muscular num movimento coordenado e uniforme. No entanto, o cerebelo não inicia nenhum movimento e não participa na perceção das sensações conscientes, nem na inteligência.

transferir 21 - Cofose

Cofose

Surdez Total.

centro vasomotor - Centro vasomotor

Centro vasomotor

Grupo de células nervosas no bulbo raquidiano que recebe informação dos recetores sensitivos do sistema circulatório e que produz alterações reflexas da frequência cardíaca e do diâmetro dos vasos sanguíneos de maneira que a pressão arterial fique ajustada. O centro vasomotor recebe também impulsos de qualquer parte do cérebro, de modo a que o stress, a emoção (como o medo) podem também influenciar a frequência cardíaca e a pressão sanguínea. O centro vasomotor atua através dos nervos vasomotores dos sistemas simpático e parassimpático.