dieta do tipo sanguineo - B (grupo sanguíneo)

B (grupo sanguíneo)

Grupo sanguíneo do sistema ABO.

brucelose - Brucelose (febre de Malta)

Brucelose (febre de Malta)

Doença crónica de alguns animais, produzida pelas bactérias do género Brucella, que se pode transmitir ao homem por contato com um animal infetado ou bebendo leite não pasteurizado contaminado. Entre os sintomas destacam-se cefaleias, debilidade, perda de apetite, lumbago, febre crónica progressiva e aumento dos gânglios linfáticos. A doença não tratada pode durar anos. É eficaz a administração prolongada de antibióticos e sulfonatos.

borbulha - Borbulha

Borbulha

Nome popular com que se designa qualquer elevação da epiderme, em geral avermelhada.

images8 - Biovular

Biovular

Que deriva de dois ovos. Gémeos biovulares: que resultam da fecundação de dois óvulos diferentes. Sinónimo de bivitelino.

Evolution  Biologia UEPB by resenhista - Biologia

Biologia

Estudo dos organismos vivos – plantas, animais e microrganismos – incluindo a sua estrutura e o seu funcionamento, assim como as relações entre si e com o mundo inanimado.

494198da28db005fb01c686b0baaf010 - Blenorragia

Blenorragia

Fluxo copioso de mucosidade. Afeta especialmente a membrana mucosa da uretra do homem e da vagina da mulher. O tratamento deve ser causal mediante a administração de antibióticos. Também é conhecida como gonorreia e é altamente contagiosa.

image104 - Bronquíolo

Bronquíolo

Subdivisão da árvore bronquial que não contém cartilagem nem glândulas mucosas nas paredes. Os bronquíolos estendem-se desde a 5.ª ou 6.ª geração de brônquios até à 20.ª antes de acabar nos bronquíolos terminais. Cada bronquíolo terminal divide-se num número determinado de bronquíolos respiratórios que se abrem nos alvéolos. Cada bronquíolo terminal conduz o ar a um alvéolo pulmonar.

sk 318 - Bronquite

Bronquite

Inflamação da membrana mucosa dos brônquios, que produz uma tosse persistente acompanhada de expectoração. Apresenta-se de duas formas: aguda e crónica. A bronquite aguda surge subitamente e é de curta duração, ao passo que a crónica é uma afeção que se repete ao longo de vários anos. A bronquite aguda é produzida por vírus ou bactérias e é acompanhada por tosse, expectoração mucopurulenta e estreitamento dos brônquios causada pela contração espasmódica.

Na bronquite crónica, o doente segrega uma quantidade excessiva de muco procedente das glândulas mucosas hipertrofiadas. Por vezes, surgem sintomas de uma forma de asma (bronquite asmática). O broncoespasmo pode resolver-se com drogas broncodilatadoras. Não costuma ser primariamente um estado inflamatório, embora frequentemente se complique com infeções agudas. Costuma ser associada ao tabagismo, à poluição do ar e o enfisema.

13905239 zI6aS - Bílis

Bílis

Fluido alcalino, denso, segregado pelo fígado e armazenado na vesícula biliar, da qual é expulsado de maneira intermitente para o duodeno através do colédoco. A bílis pode ser amarela, verde ou castanha, segundo a proporção de pigmentos biliares que possui. A lecitina, o colesterol e os sais biliares são outros componentes deste fluido. os sais biliares ajudam a emulsionar as gorduras no duodeno, a fim de que possam ser digeridas com mais facilidade pela lipase pancrática, formando-se ácidos gordos e glicerina. Os sais biliares formam componentes com os ácidos gordos e podem transportá-los para  os quilíferos das vilosidades intestinais. A bílis facilita também o peristaltismo no duodeno.

blog6 - Bradicinesia

Bradicinesia

Sintoma do pakinsonismo que consiste na dificuldade em iniciar movimentos, lentidão na execução dos mesmos e incapacidade para modificar a postura corporal.