Rubéola

Rubéola

Infeção vírica de média gravidade e muito contagiosa que ocorre sobretudo na infância e provoca a tumefação dos gânglios linfáticos na região occipital do pescoço e uma erupção avermelhada distribuída por todo o corpo. Transmite-se por contato direto com uma pessoa infetada. Depois de um período de incubação de duas ou três semanas, inicia-se um quadro de cefaleias, dores de garganta e febre ligeira. A seguir, aparecem as adenopatias dolorosas no pescoço e um exantema de pequenas manchas que se espalham desde a cara e o pescoço, generalizando-se a todo o corpo. As manchas desaparecem cerca de sete dias depois, mas o doente continua a ser contagioso durante mais três ou quatro dias. A rubéola pode provocar malformações congénitas durante os primeiros meses da gravidez e as crianças do sexo feminino devem ser vacinadas contra esta doença antes da puberdade.