Malária

Malária

Designa-se por uma doença infeciosa causada pela presença nos glóbulos vermelhos do sangue do parasita protozoário do género Plasmodium. A doença transmite-se pelo mosquito Anopheles e a sua prevalência mantém-se principalmente nas zonas tropical e subtropical. O parasita, no sangue de um indivíduo afetado, introduz-se no estômago do mosquito quando este se alimenta aspirando o sangue. No referido órgão, multiplica-se e invade as glândulas salivares. Quando o mosquito pica outro indivíduo, injeta os parasitas na corrente sanguínea e estes migram para o fígado e outro órgãos, em que se multiplicam. Depois de um período de incubação que varia entre os 12 dias e os 10 meses, o parasita passa de novo à corrente sanguínea e invade os glóbulos vermelhos do sangue. A rápida multiplicação dos parasitas provoca a destruição dos glóbulos vermelhos e liberta outros parasitas capazes de infetar outros glóbulos vermelhos.

Este fenómeno causa uma crise de tremores, febres e suores, assim como a destruição de glóbulos vermelhos, o que origina uma anemia. Quando se produz nova libertação de parasitas, voltam a aparecer os sintomas descritos.