Lepra

Lepra

Doença crónica causada pela bactéria Mycobacterium leprae, que afeta a pele, as mucosas e os nervos. Está quase totalmente confinada aos trópicos e transmite-se por contato direto. Depois de um período de incubação de um a 30 anos, os sintomas desenvolvem-se gradualmente, afetando principalmente a pele e os nervos. A lepra lepromatosa é uma forma contagiosa, progressiva da doença, caraterizada pelo desenvolvimento de tumefações amplamente distribuídas pela pele, engrossamento desta e dos nervos e, nos casos graves, entumescimento ou debilidade grave da pele, paresia ou debilidade muscular e eventualmente paralisia, conduzindo tudo isto à desfiguração e deformidade do leproso. A tuberculose é uma complicação comum. A lepra tuberculóide é uma forma benigna, autolimitada da lepra, com manchas cutâneas disseminadas, associadas a parestesias localizadas. A lepra indeterminada é uma forma intermédia em que as manifestações cutâneas representam a combinação dos dois tipos principais de lepra. A lepra pode ser controlada, mas não curada, mediante o tratamento prolongado com drogas sulfonamidas.