Fibrilhação

Fibrilhação

Batimento rápido, irregular e sem finalidade de numerosas fibras musculares cardíacas com incapacidade para que o coração mantenha uma contração síncrona e eficaz. A parte correspondente do coração deixa de bombear o sangue. a fibrilhação pode afetar as aurículas ou os ventrículos independentemente. A fibrilhação auricular, que constitui uma forma comum de arritmia, causa contrações cardíacas irregulares. entre as suas causas importantes destacam-se a arteriosclerose, a doença reumática cardíaca e a cardiopatia hipertensiva. Pode também complicar outras doenças entre as quais se incluem as infeções torácicas e a hiperfunção da tiróide. O ritmo cardíaco pode controlar-se pela administração de digoxina, entre outras drogas. Em alguns casos, o ritmo cardíaco normal pode ser restabelecido com a cardioversão. Quando ocorre a fibrilhação ventricular, o coração deixa de bater. Costuma ser quase sempre consequência de um enfarte do miocárdio.