Anemia

Anemia

Redução no sangue da quantidade do pigmento hemoglobina transportador de oxigénio. Os sintomas mais importantes são cansaço excessivo e fadiga, dispneia de esforço, palidez e escassa resistência às infecções. A anemia tem muitas causas. Pode dever-se a perda de sangue (hemorragia aguda) na sequência de um acidente, operação, etc., ou a uma hemorragia crónica como ocorre na úlcera e nas hemorróidas. A anemia por défice de ferro é consequência da falta deste metal necessário à produção de hemoglobina. As anemias hemolíticas são o resultado do aumento da destruição dos glóbulos vermelhos sanguíneos que contêm o pigmento. Este fenómeno pode ser causado por substâncias químicas tóxicas, auto-imunidade, pela acção de parasitas (sobretudo na malária) ou em algumas afecções como talassemia e a doença drepanolicitose, onde há formas anormais de hemoglobina ou a esferocitose associada a glóbulos vermelhos anormais. A anemia também pode ser causada por defeito da produção de glóbulos vermelhos, como acontece na leucemia ou na anemia perniciosa. As anemias podem classificar-se pelo tamanho dos glóbulos vermelhos que podem ser grandes (nas anemias macrocíticas), pequenos (nas anemias microcíticas) ou de tamanho normal (nas anemias normacíticas). O tratamento da anemia depende da sua causa.